1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Compartilhe

FacebookTwitterYoutubeLinkedin

Educação de Guarujá é premiada por apoiar movimento escoteiro na Cidade

 

Guarujá - Por fomentar e apoiar a prática do escotismo, a Secretaria de Educação de Guarujá ganhou o Prêmio Walter Dohme, em cerimônia realizada ao final de julho, no auditório da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP), em São Paulo.A pasta foi indicada pelo Grupo de Escoteiros 331º/SP Lobo Guará pela promoção de educação de crianças e jovens na Cidade. Na oportunidade, a Secretaria foi representada pela assessora  que recebeu o Prêmio das mãos do presidente da Região de SP, chefe Jabs da Costa.

Marília conta que o a premiação é fruto do reconhecimento da Seduc, de que o escotismo é sim uma instituição educacional. “Em junho último, o nosso secretário de Educação, reafirmou esse compromisso, através de uma carta de apoio. No documento, ele incentiva as instituições (público e privadas) a estabelecer parcerias com os grupos escoteiros do Munícipio”.

Além disso, o fato de algumas escolas municipais cederem seus espaços para atividades escoteiras no período noturno e aos finais de semana, também contribui para o Prêmio Walter Dohme. “E esse auxílio ao movimento exige trabalho e uma boa vontade da equipe daquela unidade”, acrescentou.

O intuito do Walter Dohme é reconhecer os adultos voluntários do Movimento Escoteiro do Estado de São Paulo, que contribuem de forma exemplar e efetiva na aplicação do Programa Educativo e Método Escoteiro, bem como para a melhor administração de sua unidade escoteira local. Também tem como meta dar visibilidade a instituições públicas e privadas que apoiam a prática do escotismo em nível local.

Segundo o voluntário do Grupo Lobo Guará, Douglas Gonçalves, “a educação é a única forma de emancipar o ser humano”. Ele atua no movimento escoteiro há vinte anos, ele acredita que o escotismo forma melhores cidadãos. Guarujá conta hoje com cinco unidades escoteiras.